Saúde / Beleza

Herpangina: o que é, sintomas e tratamentos

3 Mins read

Você já ouviu falar em Herpangina? Essa é uma infecção que acontece na cavidade oral de uma pessoa, que é causada por um vírus chamado Coxsackie que normalmente afeta crianças na época do verão.

Esse problema é um dos motivos pelos quais é muito importante levar as crianças ao dentista, principalmente durante o desenvolvimento de sua dentição, período tão importante da vida de todos. 

Isso porque, muitos pais e mães acreditam que, só porque o dente vai cair de qualquer forma, não devem se preocupar com infecções, inflamações ou cáries, por exemplo. 

Portanto, contrariando esse pensamento, saiba um pouco mais sobre a herpangina, e entenda quais são seus problemas, e porque é importante evitar essa doença, como tratá-la e evitá-la. 

Além disso, entenda de uma vez por todas a importância de levar seus filhos ao dentista infantil para que um profissional acompanhe sua saúde bucal desde pequenos. 

O que é Herpangina e quais suas características?

Assim como já explicado anteriormente, a Herpangina nada mais é do que uma infecção que acontece na cavidade oral que é causada por um vírus. 

Desse modo, uma vez infectada, a pessoa pode transmitir esse vírus através da via fecal-oral ou por gotículas respiratórias expelidas durante espirros e tosse de pessoas infectadas.

Dessa forma, uma vez infectada por esse vírus, ele pode causar sintomas, como por exemplo:

  • Febre;
  • Disfagia;
  • Anorexia;
  • Vômito;
  • Diarréia;
  • Sialorréia;
  • Dor na garganta. 

Entretanto, apesar dessa lista de sintomas que pode ser bem intensa e deixar uma pessoa até mesmo acamada sem forças para levantar e fazer suas tarefas diárias. 

Além disso, esse vírus também pode se manifestar mas de maneira assintomática, ou seja, sem evidenciar sinais de que está no corpo humano. 

Porém, em caso da apresentação de sintomas, principalmente em ocasiões na infância, é necessário levá-la ao médico ou até mesmo a um dentista para criança.

Isso porque, para um diagnóstico preciso, é necessário a realização de exames para que então seja possível dar início ao tratamento. 

Vale lembrar que em casos mais graves dessa doença, o principal alvo do vírus são as amígdalas que causam todos os sintomas de febre, e podem chegar a infeccionar de tal forma que chegam a poder fechar colocando a criança em risco. 

Vale lembrar que nesses casos extremos é sempre possível ir a um dentista infantil 24 horas, para que seja possível tomar as primeiras medidas necessárias e uma intervenção rápida no caso de muita dor, por exemplo.

Quais os possíveis tratamentos para a Herpangina?

O melhor tratamento, não só para essa, como para qualquer doença bucal, será avaliado por um especialista dentista. 

Isso porque, somente um profissional poderá avaliar o quadro como um todo e determinar qual o melhor caminho e intervenções que podem ser feitas para curar determinado problema. 

Entretanto, no caso da Herpangina, é possível perceber quais são os tratamentos mais comuns indicados aos pacientes, principalmente aqueles que buscam por um dentista de urgência.

Isso porque, como o problema é uma infecção, normalmente médicos clínicos irão receitar antibióticos e medicações para matar o vírus. 

Quanto aos sintomas, é possível tomar analgésicos e antitérmicos para controlá-los. Em suma, normalmente, os sintomas e o vírus se dissipam no corpo após 10 dias de infecção. 

Além da medicação, outra coisa importante é manter o paciente hidratado, principalmente em caso de bebês, assim como é indicado por qualquer dentista de bebe.

Quais as formas de prevenção da Herpangina?

Como se trata de um vírus, a principal forma de evitar a contaminação é tendo cuidado com o contato de pessoas que estejam contaminadas tomando cuidados gerais. 

Como por exemplo lavar bem a mão e evitar contatos mais próximos de pessoas que possam ser desconhecidas ou infectadas. 

Além de sempre lavar as mãos, usar álcool em gel durante passeios e visitas a lugares desconhecidos, ou no caso de contato com bebês e suas fraldas, é possível passar após a troca delas para se manter seguro. 

Por último, mas não menos importante, não se esqueça de levar seus filhos a visitas regulares ao dentista, como por exemplo a cada seis meses. 

Dessa maneira, conseguem avaliar o desenvolvimento da dentição, como um jeito de avaliar a identificação dos problemas.

De modo geral, com a identificação precoce, é possível realizar tratamentos mais precisos e impedir o desenvolvimento de sintomas para que não haja maiores consequências à saúde bucal ou ao bem-estar do corpo como um todo.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Postagens relacionadas
CotidianoSaúde / Beleza

Como funciona o estimulador muscular?

3 Mins read
Hoje em dia, a eletroestimulação é um dos tratamentos estéticos corporais mais procurados. É uma das técnicas mais exigidas hoje em dia,…
CotidianoSaúde / Beleza

Como o home office pode impactar na saúde física?

5 Mins read
Devido à pandemia, muitas pessoas estão trabalhando em casa por necessidade, não por escolha. Contudo, é importante saber como o home office…
Saúde / Beleza

Técnicas para aliviar a dor nas costas: Yoga, chás e mais!

2 Mins read
Pada Hastasana (postura inclinada para a frente) é uma ótima causa de ioga para dor nas costas, especialmente porque permite que o…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *