Negócios

Desafios e oportunidades na hora de criar seu negócio próprio na moda

3 Mins read

Entrar na indústria da moda como pequeno ou médio empreendedor envolve muitos desafios, principalmente em relação à compra de matéria-prima. Nesse aspecto, apostar em materiais como papel para sublimação é uma alternativa para conseguir dar sua cara para os produtos, atendendo à demanda de mercado de forma acessível. 

A internet (principalmente por conta das redes sociais) ajudou a democratizar setores como a moda, que recebe cada vez mais interessados. Porém, quem deseja ter um negócio atrelado à moda, deve entender que apenas a paixão não é suficiente, e esse mercado exige bastante estratégia para que uma marca consiga sobreviver de forma independente. 

Neste post, apresentamos os principais desafios que o mercado da moda impõe aos iniciantes e também como aproveitar oportunidades para investir em um negócio de sucesso. Assim como qualquer empreendimento inicial, ter um planejamento bem estruturado e fazer pesquisa de mercado são maneiras de chegar mais perto do sucesso. 

Empreendendo na moda: por onde começar?

Você pode ser um estudante de moda recém-formado que deseja abrir uma marca autoral ou uma pessoa com experiência prévia em gestão de e-commerce, querendo abraçar um novo nicho de mercado. Seja qual for seu perfil, empreender em moda exige muita pesquisa de mercado, pois nem sempre uma boa ideia rende um negócio a longo prazo. 

Mapeie concorrência e perfil de consumidor

Basta observar a presença de mercado das grandes marcas para entender que a indústria da moda não é brincadeira. Ao mesmo tempo que determinadas empresas dominam o mercado, outras acabam entrando em situações de instabilidade, até mesmo falindo. Esse movimento tem a ver com gestão de negócios, mas também com comportamento de consumo.

Defina um nicho de atuação 

Trabalhar com moda pode envolver desde personalizar camisetas e acessórios até revender peças compradas em atacado de distribuidores. O segredo é definir um nicho de atuação, conhecendo muito bem o seu público e agindo estrategicamente para que seu produto tenha valor e, assim, consiga se destacar entre a concorrência e, claro, seja lucrativo.

Monte um planejamento de negócio

Após estudar profundamente o mercado de moda e escolher um nicho de atuação, é hora de colocar no papel o planejamento para o seu negócio de forma estratégica. Isso pode ser feito com base no modelo de negócio de um concorrente, com ajuda de consultores ou de forma independente. O mais importante é ter um objetivo muito claro e definir ações palpáveis em como atingir cada etapa.

Invista em formações e parcerias

Instituições como SEBRAE e SENAC oferecem cursos, oficinas, eventos e outros serviços voltados para empreendedores de moda iniciantes. Estudar estratégia de negócio, ampliar contatos profissionais e principalmente conseguir parcerias são de extrema importância para estruturar o seu negócio ao longo do tempo, facilitando principalmente os processos burocráticos.

Oportunidades em negócios de moda no Brasil

Muitas pessoas acreditam que é impossível competir com as gigantes do fast fashion, especialmente com o sucesso das lojas on-line. Mas, na verdade, investir em um negócio de moda no Brasil pode ser bastante lucrativo, desde que você identifique oportunidades e consiga inovar em meio ao mercado.

Second hand e curadoria

Embora as lojas de varejo ainda representem boa parte da indústria, muitos negócios voltados para produtos second hand vêm ganhando espaço nos últimos anos. Com uma proposta mais sustentável e que pode ser adaptada para diferentes nichos de mercado, brechós e lojas de produtos de segunda mão encontram oportunidades on-line e offline.

Pontos de venda físicos

Galerias em shoppings populares, lojas de peças de segunda mão com uma curadoria personalizada e multimarcas. Esses são apenas alguns exemplos de pontos de venda físicos que surgem como oportunidade para quem está investindo em um negócio de moda próprio. 

Hoje, o consumidor busca mais que um simples produto: ele quer uma experiência. As oportunidades são ainda maiores para quem consegue combinar uma loja virtual com uma experiência diferenciada de compra na loja física. Aproximar o consumidor da marca é cada vez mais importante, indo além de simplesmente vender um produto.

Consultorias e serviços personalizados

Com a facilidade de alcançar um grande número de pessoas a partir das redes sociais, abrir um negócio de moda voltado para oferecer consultoria também é uma oportunidade. Atualmente, já existem cursos para quem quer se especializar em ser um personal shopper, stylist ou oferecer serviços focados em estilo, e que possibilitam atuar em diferentes frentes do mercado.

Postagens relacionadas
NegóciosTecnologia

Lucrando na era digital: como se destacar online

2 Mins read
Na era digital, com o vasto alcance da internet, surgem inúmeras oportunidades para empreendedores lucrarem e se destacarem online. No entanto, diante…
Negócios

Como o inside sales pode aumentar as vendas da sua empresa?

2 Mins read
Ter conhecimento sobre o que é inside sales é fundamental para aumentar as vendas da sua empresa e obter sucesso nos negócios….
Negócios

Renovação do e-CNPJ: Quando e Como Renovar seu Certificado Digital

2 Mins read
A renovação e-CNPJ A1 precisa ser feita a cada 3 anos, dependendo do tipo de certificado contratado. Os períodos de vencimento podem…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *