Marketing DigitalNegóciosStartup

Gatilhos mentais: como influenciar a decisão de compra

3 Mins read

No mundo do marketing e das vendas, nada é mais interessante do que dominar as ferramentas e estratégias para ampliar os resultados obtidos nas diferentes ações realizadas. Os gatilhos mentais são recursos indispensáveis para isso.

Quem já estudou estratégias de marketing para garantir bons resultados para um negócio sabe que utilizar os recursos certos no momento certo pode ser o melhor caminho para ampliar as vendas de uma empresa.

Diante disso, entre elementos como anúncios, desenvolvimento de conteúdos orgânicos, promoções e divulgações em diversos canais de venda, os gatilhos mentais são um destaque.

Isso pois eles podem ajudar a vender desde um tipo de piso industrial concreto polido até um alimento especial para dieta. Dessa forma, se tornam indispensáveis para ampliar e trazer bons resultados para uma companhia.

Mas para utilizá-los, é fundamental entender o que são esses gatilhos mentais, a influência deles na decisão de compra dos clientes e os principais gatilhos do marketing. Para conhecer mais sobre o tema, siga na leitura do conteúdo. 

O que são os gatilhos mentais

Para tomar decisões no dia a dia, é preciso pensar e considerar uma série de pontos. Um exemplo disso pode ser levar o pet para um banho e tosa pequeno: o dono deve escolher o local, pesquisar preços, conferir a qualidade do serviço e vários outros aspectos.

Essa é uma ação comum para várias necessidades da rotina de um ser humano. A todo momento, é preciso tomar uma decisão. Diante disso, qualquer pessoa pode perceber que passa a decidir algumas das suas atividades de forma automatizada.

Isso é uma resposta do cérebro, que passa a realizar ações de maneira inconsciente, justamente para evitar o esgotamento mental. Os gatilhos são exatamente isso: a automatização de decisões feita pelo cérebro humano que economiza a energia corporal.

Assim, é válido reforçar a ideia de que os gatilhos mentais não são apenas estratégias de vendas, mas estão diretamente ligados ao funcionamento do corpo, com o papel de defender o cérebro e garantir que as pessoas façam o que precisam fazer diariamente. 

Como os gatilhos mentais influenciam a decisão de compra

Todo ser humano passa por experiências pessoais, que são diferentes de pessoa para pessoa. Isso forma o seu processo de decisão de compra, tema esse que é essencial para o marketing desenvolver estratégias eficientes de vendas.

Uma pessoa que precisa contratar o serviço de limpeza de estofados, por exemplo, conta com elementos que vão influenciar diretamente na escolha que fará. Entre eles, vale mencionar:

  • Classe social;
  • Fatores psicológicos;
  • Idade;
  • Estágio da vida;
  • Grupo social;
  • Cultura;
  • Personalidade;
  • Estilo de vida.

Todos esses fatores estão envolvidos no momento de compra do cliente. Por isso, uma boa estratégia de marketing leva em conta esses pontos e utiliza os gatilhos mentais que mais fazem sentido, de acordo com o perfil de compra dos clientes.

Sendo assim, ao inserir gatilhos mentais em uma ação de vendas, é possível ver como eles ajudam o cliente a tomar a decisão de forma mais rápida, o que garante uma performance cada vez melhor.

Os principais gatilhos mentais para marketing e vendas

Há vários tipos de gatilhos que podem ser usados dentro do marketing para fazer uma pessoa indecisa sobre um fechamento de varanda reiki ou de fazer uma compra de um curso online tomar a decisão. Veja os principais a seguir.

1. Urgência

O gatilho da urgência é aquele que mostra que há um prazo limite para a compra do produto, por isso ajudam o cliente a decidir finalizar um pedido rapidamente.

Frases como: “só até amanhã”, “últimas horas para obter desconto” ou “24 horas de promoções” são alguns exemplos comuns desse gatilho. 

2. Escassez

Outro gatilho utilizado é o da escassez, no qual o cliente percebe que ficará sem o produto ou o desconto se demorar para efetuar a compra.

Aqui, é comum usar frases como: “quantidades limitadas” ou “preço especial para os 10 primeiros compradores” fazem toda a diferença na ação de vendas.

3. Prova social

É comum utilizar depoimentos de clientes que já adquiriram um produto, para passar a confiança necessária ao comprador. Isso ajuda na tomada de decisão, pois o consumidor sente que será tão beneficiado quanto outras pessoas que já fizeram a compra.

Há vários outros gatilhos mentais que são importantes para o segmento de marketing e vendas. Portanto, encontrar o que mais faz sentido dentro de uma estratégia é essencial para garantir bons resultados. 

Considerações finais

Os gatilhos mentais são recursos de grande influência no marketing, de modo que utilizá-los para potencializar os resultados de uma venda é um meio interessante de conquistar cada vez mais clientes.

Por isso, não deixe de aplicar os gatilhos mentais mais adequados para o perfil do seu público e colha os frutos dessa decisão, aproveitando assim mais uma ferramenta eficiente de vendas.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens relacionadas
Marketing Digital

Saiba como ter um público engajado nas redes sociais

6 Mins read
As redes sociais se tornaram plataformas muito importantes no planejamento de marketing de qualquer tipo de negócio, mas não basta apenas criar…
Marketing Digital

Marketing de afiliados

2 Mins read
O marketing de afiliados é e está se tornando cada vez mais popular. Isso ocorre principalmente porque é um modelo de negócios…
CarreiraEconomiaNegócios

Administração de empresas, o que você precisa saber antes de começar

4 Mins read
Historicamente, o curso de administração está entre os dez cursos mais procurados pelos estudantes. A gama de diversas áreas de atuação profissional…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *